12 de Dezembro de 2019 -
 
29/10/2019 - 07h00
Desde 1976: Há 43 anos, nascia a Unigran
Redação
Douranews/Agoranews
Murilo, Cecília, Mariana e Loren: a história da Unigran
em gerações

A sementinha lançada em 27 de outubro de 1976, resumindo o projeto de uma família de visionários chefiados pelo empreendedor Jacks Grinberg, fez surgir o complexo Socigran (sigla da Sociedade Civil de Educação da Grande Dourados), responsável pelo comando de um dos maiores exemplos de sucesso no setor em Mato Grosso do Sul. A atual Unigran, pioneira dos cursos de graduação superior no interior do Estado, hoje finca estacas com o mesmo desprendimento da década de 70 em Campo Grande, onde a Unigran Capital já é referência para o Centro-Oeste brasileiro..

Direito e Administração de Empresas abriram o caminho para os atuais 43 anos de implantação dos cursos oferecidos nas modalidades presencial, semipresencial e online. “Todo esse processo teve uma evolução criteriosa”, afirma a filha do visionário, a igualmente vanguardista Cecilia Tania Grinberg que, acrescido do Zauith no sobrenome, aportou a Dourados com o engenheiro Murilo para ‘tocar o projeto’ que resultou na consolidação do Centro Universitário apontado como uma das referências em formação de mão-de-obra qualificada para o mercado de trabalho no Brasil. Na Capital, a filha do casal, Mariana Zauith, comanda o empreendimento com a mesma disposição e vocacionada para o que faz.

Mais de 700 colaboradores atuam nessa empreitada vitoriosa, compartilhando um espaço superior a 70 mil metros quadrados de área construída, oferecendo laboratórios, Clínicas de Estética, Fisioterapia e Odontologia, Núcleos de Direito, Nutrição, Psicologia e Serviço Social e Hospital Veterinário, além de uma Área Experimental, Cantão do Bosque e Fazenda Escola, prestando serviços para toda a comunidade, em atividades lúdico-recreativas, que projetam ações como as desenvolvidas na Brinquedoteca, ou pelo grupo Ginasloucos, ou ainda nas competições esportivas da Oligran, enfim, proporcionando o direito à dignidade profissional de quase 30 mil pessoas ao longo dessa história.

Meados dos anos 70: os primeiros passos de uma caminhada
vitoriosa pela Educação

“O desafio sempre foi o de oferecer qualidade de ensino não só para formar profissionais, mas para melhorar a cidade e a região. Seguimos nesse foco, buscando administrar um conjunto de pessoas que trabalha para superar os resultados sempre”, declara Cecília Zauith. Com essa receita, a Unigran aparece entre os 10 melhores centros universitários do País, conforme as últimas avaliações do MEC.

O sonho de 76 se torna realidade muito mais presente na vida das comunidades de Dourados, dos municípios da grande região sul de Mato Grosso do Sul, de parte da Europa, da Ásia, enfim, em todos os pontos do planeta.

Em todos estes anos, a Unigran proporcionou a muitas pessoas o sonho de uma carreira profissional, até mesmo para os que não possuem condições financeiras para custear, já que a Instituição oferece vários benefícios e convênios, como o Prouni, o Fies e até mesmo um sistema de estágio interno. “Eu sempre digo que aqui na Unigran só não estuda quem não quer, as oportunidades estão aí com todos os benefícios que a Unigran oportuniza para todos que sonham em ter um curso superior. Basta ter vontade de estudar”, declara Cecília.

Ambientação dos pavimentos internos da Unigran, retratado pela reitora Rosa De Déa

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.