23 de Janeiro de 2019 -
 
09/01/2019 - 16h10
Com bênção de Mandetta, secretário empossa novo diretor do Hospital Regional em Campo Grande
Geraldo Resende garante que mudança não tem relação com escândalos recentes
Thiago de Souza e Nathalia Pelzl
Topmidianews/Agoranews
Nova diretoria toma posse no HR em Campo Grande.
(Foto: Wesley Ortiz)

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), empossou a nova diretoria do Hospital Regional em Campo Grande. Ele garante que a mudança não tem a ver com escândalos recentes envolvendo ex-diretores e que pediu opinião até do ministro Mandetta para colocar Marcio Eduardo de Souza Pereira à frente do hospital.

Pereira atua há 17 anos no HR e é cirurgião do sistema digestivo. Também foi nomeado Edson da Mata como diretor financeiro, que também vai atuar na Auditoria de Serviços de Saúde. O médico Fernando Goldoni será o diretor-técnico do hospital.

Geraldo Resende disse, em seu discurso, que a nova equipe foi colocada para que haja uma melhora no hospital e na utilização dos recursos públicos.

''Também que haja uma devolutiva para a sociedade de melhores serviços'', garantiu o secretário.

Questionado se a transição de diretoria se deve aos escândalos de corrupção investigados pelo Ministério Público, Resende garante que não há relação.

''Achei pertinente fazer essa troca de gestão'', justificou Geraldo. Ele acrescentou que consultou associações de médicos e até o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para a nomeação e que não houve objeções.

O novo diretor-presidente disse que a situação do hospital é critica e isso é reflexo de má gestão. Ele garante que não vai trabalhar para melhor só um setor e sim o hospital como um todo.

Sobre a falta de insumos, como medicamentos, Márcio destacou que sempre há reclamação e que tem de ser feita uma ''compra consciente'', porque ele precisa seguir alguns protocolos.

O novo diretor-presidente finalizou dizendo que está contente em assumir e que também vai focar em soluções, principalmente na falta de insumos.  ''O médico sofre, mas quem mais sofre com isso são os pacientes'', refletiu Márcio Eduardo.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354